Laura e Brian são gémeos verdadeiros ou falsos?

Laura e Brian

Hi o/

Hoje na aula de Biologia umas meninas estiveram a apresentar um powerpoint sobre gémeos monozigóticos (os verdadeiros) e dizigóticos (falsos). E disseram algo que surpreendeu toda a gente (menos a mim, que já sabia, quero dizer… não tinha a certeza mas desconfiava).

Essa desconfiança que tinha levou-me a não revelar na fic In Purple Eyes o segredo dos gémeos creeper. Tinha medo de dizer falsidades. Mas cá para mim eu tinha aquelas reticências.

É que Laura e Brian… são gémeos verdadeiros!

Isso, ficaram surpresos?

Naturalmente, quando se fala em gémeos dizigóticos, vêem-nos à mente aqueles iguaizinhos e do mesmo sexo. Porém… leiam aqui este trecho:

Normalmente os gêmeos monozigóticos são do mesmo sexo, mas em alguns casos raríssimos podem se formar irmãos de sexos diferentes. Isso ocorre quando os óvulos fecundados são triplóides, isto é, possuem uma combinação não usual de cromossomos sexuais: dois X e um Y. A tendência é que, durante as divisões celulares subseqüentes, um dos cromossomos extras (um X ou um Y) seja perdido, podendo originar um gêmeo composto por células XX (mulher) e outro por células XY (homem).

Apesar de serem muito similares, os gêmeos monozigóticos não são totalmente idênticos: um pequeno número de genes presentes nas mitocôndrias pode sofrer mutações após a formação dos gêmeos, introduzindo modificações no desenvolvimento dos futuros indivíduos. Padrões epigenéticos diferentes podem também ocorrer em gêmeos monozigóticos, levando à ativação ou inibição diferenciada de cópias (alelos) de cada gene nos dois gêmeos. Além disso, mesmo que esses irmãos sejam criados de forma similar, eles estão sujeitos a pressões ambientais distintas, que podem acentuar diferenças de altura, peso, constituição física e mesmo na personalidade desses indivíduos.

Ou seja, meus caros, Laura e Brian são gémeos verdadeiros só que de sexos diferentes. Se repararem as parecenças entre eles são inúmeras: o mesmo exacto tom dos olhos, o mesmo exacto tom de cabelo, o mesmo tom de pele,… nas palavras da Laura:

«Abri os olhos e deparei-me com um reflexo deles. Era Brian, meu irmão gêmeo. Ele era, como eu costumava chamá-lo, «a minha versão masculina». Tinha os mesmos olhos alaranjados, o cabelo louro escuro do tom mel, a mesma pele clara…

É claro que haviam diferenças. Além do óbvio (sermos de sexos diferentes), ele tem o cabelo mais curto, normalmente espigado e rebelde, é mais baixo que eu, tem o nariz mais redondo e tem sardas.»

Ou seja, as únicas diferenças biológicas entre Brian e Laura são um nariz um pouco mais arredondado e a existência ou não de sardas.

Tudo o resto, a altura e personalidades distintas, foi resultado da pressão ambiental (Laura apaixonou-se mais por ler e estudar, tornou-se mais inteligente). Brian deve ter tido uma dieta menos cuidada que o levou a ficar mais baixo (e fazia birra antes de ir para a cama quando pequeno por isso é provável que também tenha dormido menos). Ou, pura e simplesmente, o facto de Laura ser mais alta foi acaso.

Além disso, não podemos esquecer que as raparigas crescem mais prematuramente que os rapazes. No futuro quem sabe Brian não a atingirá (até mesmo a ultrapassará) em altura.

Brian ainda é um menininho, ainda há esperanças para ele.

Já Endy é baixinho mesmo, coitado XD

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s